31/03/2010 Cruzeiro 3x0 Vélez Sarsfield

sábado, 22 de abril de 2017

video

Cruzeiro 3x0 Vélez Sarsfield
Motivo: 5ª rodada da fase de grupos da Copa Santander Libertadores
Data: 31/03/2010 (quarta-feira)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)
Público: 43.374 pagantes
Renda: R$ 839.118,90
Gols: Thiago Ribeiro, aos 32 min. do 1º tempo; Kleber, aos 3 min. e 8 min. do 2º tempo
Cruzeiro: Fábio; Jonathan, Thiago Heleno, Leonardo Silva (Gil) e Diego Renan; Fabinho, Henrique, Marquinhos Paraná e Gilberto (Fabrício); Thiago Ribeiro (Wellington Paulista) e Kleber
Técnico: Adilson Batista
Vélez Sarsfield: Montoya; Díaz (Lima), Domínguez, Otamendi e Papa; Cubero, Somoza, Zapata e Moralez (Cabrera); López (Martínez) e Santiago Silva
Técnico: Ricardo Gareca
Cartões amarelos: Gilberto e Kleber (Cruzeiro); Santiago Silva e Lima (Vélez Sarsfield)
Cartão vermelho: Somoza (Vélez Sarsfield)





Em clima de decisão, o Cruzeiro não deu chance para o Vélez. No primeiro tempo, Thiago Ribeiro conseguiu superar a forte marcação dos argentinos e abriu o placar aos 32min. Na etapa final, ele serviu o parceiro Kléber, que ampliou aos 3min e aos 9min.

Além de dar o troco no time argentino, que o venceu em Buenos Aires por 2 a 0 na abertura da fase de grupos, o Cruzeiro o desbancou da liderança. Com a vitória, o time celeste chegou aos mesmos dez pontos que o Vélez, mas leva vantagem no saldo de gols. São seis gols contra um do adversário.

A vitória desta quarta-feira foi fundamental para a equipe mineira chegar à última rodada, contra o Colo-Colo, em Santiago, sem estar pressionado para decidir uma vaga à próxima fase. Antes de encarar o Cruzeiro, o time chileno, que está com quatro pontos, enfrenta o lanterna Deportivo Itália na próxima terça-feira (6) e pode chegar a sete.

Na última rodada o Vélez enfrenta o eliminado Deportivo Itália em Buenos Aires. Se vencer, chegará a 13 pontos e deve se classificar às oitavas de final. Pelo regulamento deste ano, apenas os campeões de cada grupo e os seis melhores segundos colocados avançam à próxima fase.

O jogo

O Cruzeiro não deu chance ao adversário e tomou conta do primeiro tempo. Assim que a bola rolou no Mineirão, o time mineiro encurralou o Vélez, que adotou uma postura defensiva e tentou surpreender nos contra-ataques. Porém, pouco chegou ao gol de Fábio.

Depois de forte pressão e chances perdidas, o Cruzeiro abriu o placar aos 32min. Em jogada individual, Thiago Ribeiro, que passou por vários adversários, levou para a entrada da área e chutou de perna direita para marcar um bonito gol no Mineirão.

Em desvantagem no placar, o Vélez ensaiou uma reação e criou algumas jogadas, mas nada que assustasse a defesa celeste. O Cruzeiro não se acomodou depois do gol de Thiago Ribeiro e teve chance para ampliar. Aos 44min, Jonathan chutou forte de dentro da área, porém Montoya conseguiu segurar a bola.

Logo depois de sair à frente, o Cruzeiro sofreu uma baixa na defesa. O zagueiro Thiago Heleno reclamou de contusão e pediu para sair. Gil entrou em seu lugar.

No final do primeiro tempo, os cruzeirenses reclamaram de uma falta em cima de Gilberto na entrada da área. O árbitro colombiano Wilmar Roldán, no entanto, e não viu infração no lance e ainda mostrou o cartão amarelo para o meia celeste.

“O juiz não deu, o bandeirinha levantou (a bandeira). Depois ele mudou e falou que tinha dato falta do Gilberto”, disse o goleiro Fábio, em entrevista a Rádio Itatiaia.

No início do segundo tempo, o Cruzeiro selou a vitória e não deu chance para o adversário. Aos 3min, Thiago Ribeiro recebeu na direita e cruzou para o meio da área. Kléber, que vinha em velocidade, desviou de pé direito para o fundo da rede.

Seis minutos depois, Thiago Ribeiro deu nova assistência a Kléber, que saiu livre na área e tocou na saída do goleiro Montoya.